08 anos após sua morte, George Savalla Gomes ‘O Palhaço Carequinha’, é lembrando em exposição Rio

George Savalla Gomes, o "Carequinha" | Foto: Divulgação

George Savalla Gomes, o eterno ‘Carequinha’, é tema da exposição “Para sempre Carequinha”, em cartaz no Passeio
Shopping
, em Campo Grande, Zona Oeste do Rio. Completando oito anos de sua
morte no dia 05 de abril (sábado), o shopping homenageia o artista em uma parceria
com o fotógrafo Helcio Peynado. O acervo exibe fotos de apresentações que
contam a história de George, que consagrou nacionalmente como um dos principais
palhaços do país. Ele foi responsável por arrancar gargalhadas de diversas
gerações.

Nascido em Rio Bonito (interior do Rio de Janeiro), no circo
em que a família trabalhava, George começou a carreira artística aos cinco anos
– foi levado ao picadeiro pela primeira vez pelo segundo marido da sua mãe, já
que perdeu o pai quando tinha dois anos. Em toda sua carreira, porém, atuou em
uma série de circos nacionais e internacionais.

Em 1938, Carequinha estreou como cantor na Rádio Mayrink Veiga, no Rio de
Janeiro. No início dos anos 50 passou a trabalhar na TV Tupi, se transformando
no primeiro palhaço da televisão brasileira.

Em julho de 2005, a gravadora EMI Music lançou o CD ‘Carequinha – 90 Anos
de Espetáculo
‘ para comemorar os 90 anos do artista e seus 85 anos de
carreira. Em quase um século, ele gravou 26 discos, estando entre seus
principais sucessos a canção ‘O Bom Menino‘ (o bom menino não faz
pipi na cama/o bom menino não faz malcriação).

Vai até o dia 30 de abril, das 09h às 21h, e a entrada
é gratuita. A exposição traz também a roupa que ele usou em sua ultima
apresentação, gentilmente cedida pela família.  Além da mostra, estará
exposto o trabalho da artista plástica Nazaré de Macedo, que deu vida a um
boneco com as características do Carequinha, e a pintura em tela da artista
plástica Ana Iannibelli, que retratou uma das fotos do seu último show,
transformando a em pintura.

Segundo Aldo Oliveira, a exposição é
voltada para públicos de todas as faixas etárias. ‘Carequinha foi uma
referência de diversão e alegria na vida dos nascidos nos anos 70 e 80. Esta é
uma oportunidade para muitos de reviver momentos de alegria ou apresentar aos
seus filhos e netos a figura encantadora e engraçada do palhaço, que divertiu e
alegrou o Brasil
‘, diz o gerente de marketing do shopping.

Deixe uma resposta