Brasileiro se torna galã das novelas no Chile

Tiago Correa

Tiago Correa

Tiago Correa é ator, nasceu no Chile, passou a infância no
sul do Brasil e hoje se divide entre os países de sua mãe brasileira e de seu
pai chileno. Graduado em Artes Cênicas pela Escola Internacional de La Mancha –
Chile, Tiago atuou em TV nas séries “Bienvenida Realidad” (2004), “Entremedias”
(2006), “Vivir com 10” (2007), “Mala Conducta” (2008), “Mundos Paralelos”
(2009), “Sin Anestesia” (2009), “Manuel Rodriguez” (2010), “Infiltradas”
(2010), “La Sexóloga” (2012) e “Prófugos” (2013).

No cinema esteve em mais de dez longas-metragens, entre eles
“Maldito Amor” (2001), “Machuca” (2004), “Gritos Del Bosque” (2012) e “Tios”
(2013).  Iniciou sua carreira nos palcos na Companhia Colectivo Teatral
Plancton com a peça “Tiemp.Post.Modernos” (2001). Permaneceu no grupo até 2005
quando partiu para sua primeira experiência na área de direção com o espetáculo
“Mi Violen” (2007), ao mesmo tempo em que começava o seu trabalho no teatro de
boneco com o grupo “Milagro e a Pesa”: ‘El Capote’, que foi sucesso
no mundo inteiro.

Aos 32 anos Tiago é consagrado no Chile e faz parte do primeiro
time de galãs das emissoras de televisão locais. Em novembro todo o talento e
beleza de Tiago Correa puderam ser vistos pelos brasileiros com a estreia da
segunda temporada de “PRÓFUGOS”, em 13 episódios, produzida pela HBO Latin
America e exibida pela HBO Brasil.

A série foi dirigida por Pablo Larraín, realizador do filme
de longa-metragem “NO”, que foi indicado ao Oscar de Melhor Filme Estrangeiro
2013.

“Prófugos” contou a história do clã Farragut. Kika, a
matriarca, ao ficar viúva, convence o filho mais velho, que é médico, a assumir
a função do pai na liderança de um cartel de drogas. A narrativa tem pegada de
filme de ação americano e tem tudo para repetir no Brasil o sucesso alcançado
no Chile.

Deixe uma resposta