Cleonice Berardinelli e Maria Bethânia em “O Vento Lá Fora”

Cleonice e Bethânia | Foto: Divulgação

O vento lá fora” é um
retrato do poeta Fernando Pessoa criado a partir da leitura de seus poemas pela
professora Cleonice Berardinelli, 98 anos, imortal da Academia Brasileira de
Letras, reconhecida como a maior especialista em Pessoa no Brasil, e pela
cantora Maria Bethânia, que ao longo de quase 50 anos de carreira popularizou a
obra do poeta em shows e discos.

Apresentada ao público uma única vez, na FLIP 2013, a leitura foi filmada no
estúdio da Biscoito Fino durante dois dias pelo diretor Marcio Debellian. No
primeiro, as duas gravaram um CD com a leitura completa. No segundo, realizaram
a leitura para uma pequena plateia de convidados.

O roteiro do filme se constitui pela costura dos poemas com conversas sobre a
obra do Pessoa, ressaltando aspectos da personalidade de seus heterônimos
Alberto Caeiro, Álvaro de Campos e Ricardo Reis.  O clima de intimidade e
o humor na interação entre Cleonice e Bethânia ajudam a pontuar o ritmo e a
fluidez do roteiro, que também se apropriou de trechos da carta na qual o próprio
Pessoa explica a gênese de seus heterônimos ao poeta português Adolfo Casais
Monteiro
.

O documentário foi filmado em preto e branco e tem duração de 64 minutos, com
trilha musical que traz Nelson Freire (executando Liszt e Schumann),
composições de Egberto Gismonti executadas em flauta e violino, e uma pequena
participação da própria Maria Bethânia ao piano. 

Trata-se de um filme de duas amantes de Pessoa, que entusiasma pelo
encantamento com que declamam, conversam e revelam a sua “intimidade” com o
autor.

Cinemas:

Estação NET Gávea 1 – às 13h40, 17h e 20h30

Estação Rio 2 – Voluntários da Pátria, 35, Rio de Janeiro às 17h

Deixe uma resposta