Maria Bethânia foi a grande homenageada no Prêmio da Música Brasileira

O 26° Prêmio da Música Brasileira, principal evento da MPB, apresentou uma homenagem majestosa em noite dedicada à
cantora Maria Bethânia, que completa 50 anos de carreira neste ano. O prêmio foi
realizado na última quarta (10), no Teatro Municipal do Rio de Janeiro.

A festa teve roteiro de Zélia Duncan e direção
geral de José Maurício Machline, idealizador do Prêmio, a cerimônia teve a
entrega dos prêmios, apresentações de músicas que marcaram a carreira de
Bethânia feitas por artistas e leituras de textos poéticos. Foram 106 indicado
em mais de 30 categorias, de projeto visual a MPB, passando por samba, canção
popular, instrumental e a ampla categoria pop, rock, reggae, hiphop e funk.

A abertura da premiação não poderia ser diferente, Bethânia
cantou uma seqüência de músicas, que foram ‘Carcará’, ‘O quereres’ e ‘Fera
ferida’
. No meio da música ‘O quereres’ a cantora se emocionou muito e tropeçou
na letra. Depois de sua apresentação a cantora se sentou entre os convidados, e
aplaudiu toda as premiações  as apresentações em sua homenagem.

A apresentação ficou a cargo de Dira Paes e Alexandre
Nero
. Grandes nomes da música brasileira cantaram e homenagearam Bethânia,
entres eles Adriana Calcanhoto com “Âmbar”,  Alcione com
Negue”,  Zélia Ducan cantou “Rosa-dos-ventos”. Caetano Veloso, irmão
da cantora, escolheu músicas que ele compôs para a irmã gravar ‘De
manha
‘ introduzido por ‘Queda d’água‘. Como nos show
da homenageada não poderia faltar os textos. Letícia Sabatella recitou
o texto ‘Quando o amor vacila‘ e Renata Sorrah fez uma leitura
emocionada de ‘Fauzi Arap‘. Outros artista como Zélia Ducan, Arnaldo
Antunes
LenineChico César, Nana Caymmi entre outros.

A noite contou com dois destaques: A homenagem de Mariene de
Castros
e Elisa Lucinda, que lembram e cultuaram a fé de Bethânia em uma
apresentação muito bonita das músicas ‘Iansã‘ e ‘As Ayabás‘. Alcione foi responsável pelo outro ponto alto da noite, a cantora depois
de receber o prêmio, pediu o microfone e contou uma maravilhosa história,
vivida por ela e por Maria Bethânia.

A cerimônia durou um pouco mais de duras horas, e foi
encerrada com Bethânia sendo trazida de volta ao palco por Matheus
Nachtergaele
, que fez a interpretação emocionante do ‘Poema do menino
Jesus
‘. Aplaudida de pé, a cantora cantou ‘Explode coração‘ e a
dobradinha ‘Vento de lá/Imbelezô eu‘, antes de chamar todos os
convidados ao palco para abraçar e agradecer a gentileza de terem sido, por
alguns momentos, ela mesmo.

Veja a lista dos vencedores:

Pop/rock/reggae/hip-hop/funk

Melhor cantor: Ney Matogrosso
Melhor álbum: Ney Matogrosso
Melhor grupo: Os Paralamas do Sucesso
Melhor canção: Sedutora
Melhor cantora: Marisa Monte

Canção popular

Melhor cantor: Johnny Hooker
Melhor álbum: Fernanda Takai
Melhor grupo: Saulo Duarte e a Unidade
Melhor cantora: Roberta Miranda
Melhor dupla: Zezé di Camargo e Luciano

Regional

Melhor cantor: Alceu Valença
Melhor cantora: Marlui Miranda
Melhor dupla: Zé Mulato e Cassiano
Melhor álbum: As Ganhadeiras de Itapuã
Melhor grupo: As Ganhadeiras de Itapuã

Especiais

Melhor DVD: Gilberto Sambas ao Vivo
Álbum em língua estrangeira: The Chico Buarque Experience
Álbum erudito: Villa-Lobos – Sinfonia nº 10 – Ameríndia
Álbum infantil: Zoró (Bichos esquisitos)

Instrumental

Melhor álbum: Hamilton de Holanda Trio
Melhor solista: Hamilton de Holanda
Melhor grupo: Quarteto Maogani

Samba

Melhor cantora: Alcione
Melhor cantor: Arlindo Cruz
Melhor álbum: Passado de Glória – Monarco 80 anos
Melhor grupo: Semente

MPB

Melhor cantora: Monica Salmaso
Melhor cantor: Luiz Melodia
Melhor grupo: ZR Trio
Melhor álbum: Valencianas

Deixe uma resposta